Meal Seç / Sure Seç

(PORTUGAL) QURAN
55 - O CLEMENTE
Em nome de Deus, o Clemente, o Misericordioso.
        
1. O Clemente.
2. Ensinou o Alcorão.
3. Criou o homem.
4. E ensinou-lhe a eloqüência.
5. O sol e a lua giram (em suas órbitas).
6. E as ervas e as árvores prostram-se em adoração.
7. E elevou o firmamento e estabeleceu a balança da justiça,
8. Para que não defraudeis no peso.
9. Pesai, pois, escrupulosamente, e não diminuais a balança!
10. Aplainou a terra para as (Suas) criaturas,
11. Na qual há toda a espécie de frutos, e tamareiras com cachos,
12. E as graníferas, com a sua palha, e as odoríferas.
13. -Assim, pois, quais das mercês de vosso Senhor desagradeceis?
14. Ele criou os gênios do fogo vivo.
15. E criou os gênios do fogo vivo.
16. -Assim, pois, quais das mercês de vosso Senhor desagradeceis?
17. É o Senhor dos dois solstícios e dos dois equinócios.
18. -Assim, pois, quais das mercês dos vosso Senhor desagradeceis?
19. Liberam os dois mares, para que se encontrassem.
20. Entre ambos, há uma barreira, para que não seja ultrapassada.
21. -Assim, pois, quais das mercês do vosso Senhor desagradeceis?
22. De ambos saem as pérolas e os corais.
23. -Assim, pois, quais das mercês do vosso Senhor desagradeceis?
24. E suas são as naves, que se elevam no mar, como montanhas.
25. -Assim, pois, quais das mercês do vosso Senhor desagradeceis?
26. Tudo quanto existe na terra perecerá.
27. E só subsistirá o Rosto do teu Senhor, o Majestoso, o Honorabilíssimo
28. E só subsistirá o Rosto do teu Senhor, o Majestoso, o Honorabilíssimo
29. Assim, pois, quais das mercês do vosso Senhor desagradeceis?
30. Todos os que estão nos céus e na terra O invocam. A cada dia Ele está ocupado em uma nova obra.
31. -Assim, pois, quais das mercês do vosso Senhor desagradeceis?
32. Logo, estabelecermos os vossos assuntos, ó ambos os mundos!
33. Ó assembléia de gênios e humanos, se sois capazes de atravessar os limites dos céus e da terra, fazei-o! Porém, não podereis fazê-lo, sem autoridade.
34. -Assim, pois, quais das mercês do vosso Senhor desagradeceis?
35. Então, uma chama de fogo e uma fumaça serão lançados sobre vós, e não podereis contê-las.
36. Assim, pois, quais das mercês do vosso Senhor desagradeceis?
37. (Será) quando o céu se fender e derreter; e se avermelhar como um ungüento.
38. -Assim, pois, quais das mercês do vosso Senhor desagradeceis?
39. Nesse dia, nenhum homem ou gênio será inquirido por seu pecado.
40. -Assim, pois, quais das mercês do vosso Senhor desagradeceis?
41. Os pecadores serão reconhecidos por suas marcas, e serão arrastados pelos topetes e pelos pés.
42. -Assim, pois, quais das mercês do vosso Senhor desagradeceis?
43. Este é o inferno, que os pecadores negavam!
44. Circularão nele, e na água fervente!
45. -Assim, pois, quais, das mercês do vosso Senhor desagradeceis?
46. Por outra, para quem teme o comparecimento ante o seu Senhor, haverá dois jardins.
47. -Assim, pois, quais das mercês do vosso Senhor desagradeceis?
48. Contudo todas as espécies (de frutos e prazeres).
49. -Assim, pois, quais das mercês do vosso Senhor desagradeceis?
50. Em ambos, haverá duas fontes a verter.
51. -Assim, pois, quais das mercês do vosso Senhor desagradeceis?
52. Em ambos haverá duas espécies de cada fruta.
53. -Assim, pois, quais das mercês do vosso Senhor desagradeceis?
54. Estarão reclinados sobre almofadas forradas de brocado, e os frutos de ambos os jardins estarão ao (seu) alcance.
55. -Assim, pois, quais das mercês do vosso Senhor desagradeceis?
56. Ali haverá, também, aquelas de olhares recatados que, antes deles, jamais foram tocadas por homem ou gênio.
57. -Assim, pois, quais das mercês do vosso Senhor desagradeceis?
58. Parecem-se com o rubi e com o coral.
59. -Assim, pois, quais das mercês do vosso Senhor desagradeceis?
60. A retribuição à bondade não é, acaso, a própria bondade?
61. -Assim, pois, quais das mercês do vosso Senhor desagradeceis?
62. E, além dos dois mencionados, haverá outros dois jardins,
63. -Assim, pois, quais das mercês, do vosso Senhor, desagradeceis?
64. De cor verde-escuro, vicejantes.
65. -Assim, pois, quais das mercês do vosso Senhor desagradeceis?
66. Neles haverá duas fontes a jorrar.
67. -Assim, pois, quais das mercês do vosso Senhor desagradeceis?
68. Em ambos haverá frutas, tamareiras e romãzeiras.
69. -Assim, pois, quais das mercês do vosso Senhor desagradeceis?
70. Neles haverá beldades inocentes,
71. -Assim, pois, quais das mercês do vosso Senhor desagradeceis?
72. Huris recolhidas em pavilhões,
73. -Assim, pois, quais das mercês do vosso Senhor desagradeceis?
74. Que jamais, antes deles, foram tocadas por homem ou gênio,
75. -Assim, pois, quais das mercês do vosso Senhor desagradeceis?
76. Reclinadas em coxins, cobertos com pano verde e formosas almofadas.
77. Assim, pois, quais das mercês do vosso Senhor desagradeceis?
78. Bendito seja o nome do teu Senhor, o Majestoso, o Honorabilíssimo.